register
forgot password

Pierre Simoes - Music - O perdao liberta

Genre:
Alternative
Added:
03-06-2012
Position:
126 in Alternative, 2530 overall

O perdão liberta
(Pierre Simões)
ISRC BRR200900011



Sabe aquela mágoa guardada há muito tempo,
Do grande amor que partiu,
Deixando mais que saudade,
Uma palavra rude,
Ou um gesto impensado?

Sabe aquela lágrima vertida há muito tempo,
Após um triste momento,
O amado filho ingrato,
Ou uma velha ferida
Que insiste em manter aberta?

Perdoa!
Perdoa!
Perdoa!

Porque o perdão te liberta
Te cura, te restabelece
Te faz sorrir novamente
Te faz dormir em paz

Porque o perdão te redime
Porque você também é humano
E o melhor de tudo
Faz de você uma pessoa melhor

Então perdoa!
Perdoa!
Perdoa!









Canção registrada na Biblioteca Demonstrativa de Brasília
Fundação Biblioteca Nacional
Ministério da Cultura

Canções para atrair dinheiro e felicidade
Registro nº. 479694
Protocolo EDA/DF 2009 nº 1022
de 10 de novembro de 2009
http://www.bn.br


O perdão liberta

Esse ensinamento sagrado e imutável vem de tempos mais remotos do que os de Jesus. Qual o sentido de manter abertas as feridas se elas nos doem? Claro que a princípio todos vamos concordar, mas passar à ação é que são elas. Manter a mágoa viva dá uma falsa sensação de dívida do transgressor, isto é, você quer cobrar dele uma reparação por danos, e faz isso afetando seu templo sagrado, o seu corpo físico. E mais uma vez repito, quanto mais você pensa e sofre do fato, mais ele se expande e cresce negativamente a níveis perigosos para a sua saúde e auto-estima. E se persiste nessa idéia insistentemente, tende a invadir outras áreas de sua vida, seus rendimentos pessoais e financeiros, suas relações sociais e até seu sono. Perturbará seus amigos e familiares, gerará ódio e sentimento de vingança, o fará perder bens valiosos e afetará sua evolução espiritual por estar sempre olhando para o passado. Perdoar não significa obrigatoriamente esquecer, é bom mantê-lo em suas experiências de vida, mas o rancor deve ser extirpado sem dó, pois causará as tão conhecidas enfermidades psicossomáticas, como dores de cabeça constantes, câncer, cálculos renais, queda de cabelos e até úlceras. Errar, vivenciar a perda de alguém, de algum bem material ou sofrer danos pessoais faz parte da vida. Não fomos ensinados a perder. Na nossa sociedade somos forçados a ser sempre vencedores, sejam quais forem as circunstâncias, e quando algo assim nos acontece, vem a raiva, a frustração e clamamos por vingança e reparações, mas a história, a literatura e a religião nos ensinam que só mesmo o perdão liberta, não existe outro modo. Então perdoa e agradeça mais uma vez pela imensa oportunidade de evolução que bate à sua porta. Se ainda assim for difícil, procure ajuda profissional.


Overall perfomance
StaffStaffStaffStaffStaff
0
Individual musicianship
StaffStaffStaffStaffStaff
1
Originality
StaffStaffStaffStaffStaff
1
Composition
StaffStaffStaffStaffStaff
1
Marketable
StaffStaffStaffStaffStaff
1